Toda amargura dessa vida
Qualquer dia vai se acabar
Pois quem planta o amor
Depois só tem a paz
De um amanhã feliz

Quando o sol brilhar é um novo dia
Doa da colheita e da bonança
Não, não diga não,
Aprenda a esperar
O Deus que deu é o Deus que dá

Não quero ouvir nunca mais você reclamar
O Deus que é seu é o Deus que é meu, é o Deus que dá.

Anúncios