Que horas são?
É escuro.
Quase as três.
Parece que não torno a fechar os olhos.
O pastor da aldeia faz estalar o chicote
À alvorada.
O vento soprará frio na janela
Que dá para o pátio.
E estou só.
Não é verdade!
Com toda a onda penetrante
Do teu ser puro,
Tu estás comigo.
Anúncios