“Seu corpo é o mar
Por onde quero navegar
E no meu colo te ninar
Sua boca tem um beijo
Tão gostoso de provar
Cada vez mais quero beijar…
No seu cabelo um cheiro bom
Que fica pelo ar
Tão doce é o perfume
De você Inara…
Inara é minha vida
Meu sorriso, meu sonhar
Inara meu véu de luar…
Eu gosto quando vejo
O seu olhar, no meu olhar
Dizendo prá mim, vem me amar…
Inara é a minha gueixa
Que me faz um bem
Não troco minha amada
Inara por ninguém…
Inara, Inara, Inara, Inaraí
Cura para minha dor
Meu mel, meu tudo, minha flôr
Se é prá falar de amor
Eu falarei “Inara”…
Inara, Inara, Inara, Inaraí…”
Katinguelê - Salgadinho e Juninho
http://www.youtube.com/watch?v=JrZFDfFFf3M&feature=related
Anúncios