“Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu
Vai mostrar esta saudade
Sonho meu
Com a sua liberdade
Sonho meu
No meu céu a estrela guia se perdeu
A madrugada fria só me traz melancolia
Sonho meu
Sinto o canto da noite
Na boca do vento
Fazer a dança das flores
No meu pensamento
Traz a pureza de um samba
Sentido, marcado de mágoas de amor
Um samba que mexe o corpo da gente
E o vento vadio embalando a flor
Traz a pureza de um samba
Sentido, marcado de mágoas de amor
Um samba que mexe o corpo da gente
E o vento vadio embalando a flor
Sonho meu
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu
Vai mostrar esta saudade
Sonho meu
Com a sua liberdade
Sonho meu
No meu céu a estrela guia se perdeu
A madrugada fria só me traz melancolia
Sonho meu
Sinto o canto da noite
Na boca do vento
Fazer a dança das flores
No meu pensamento
Traz a pureza de um samba
Sentido, marcado de magoas de amor
Um samba que mexe o corpo da gente
E o vento vadío embalando a flor
Traz a pureza de um samba
Sentido, marcado de mágoas de amor
Um samba que mexe o corpo da gente
E o vento vadio embalando a flor
Sonho meu
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar que mora longe
Sonho meu.”

Delcio Carvalho e Dona Ivone Lara

 

Anúncios