“Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho.”

Mário Quintana