Posts from the ‘BURNING’ Category

Eu só sou responsável pelo que eu falo, não pelo o que você entende.

Anúncios

isolamento acústico

“… até o dia em que a alma, cansada de não ser olhada, encontra o seu jeito de ser vista e de dizer quem é que manda.”
Ana Jácomo

Tu seras la historia de mi vida

“Não passam as dores, também não passam as alegrias.

Tudo o que nos fez feliz ou infeliz serve pra montar o quebra-cabeça da nossa vida, um quebra-cabeça de cem mil peças.

Aquela noite que você não conseguiu parar de chorar, aquele dia que você ficou caminhando sem saber para onde ir, aquele beijo cinematográfico que você recebeu, aquela visita surpresa que ela lhe fez, o parto do seu filho, a bronca do seu pai, a demissão injusta, o acidente que lhe deixou cicatrizes, tudo isso vai, aos pouquinhos, formando quem você é.

Não há nenhuma peça que não se encaixe.

Todas são aproveitáveis.

Como são muitas, você pode esquecer de algumas, e a isso chamamos de “passou”.

Não passou. Está lá dentro, meio perdida, mas quando você menos esperar, ela será necessária para você completar o jogo e se enxergar por inteiro.”

 

Martha Medeiros

tanto em mim

“- Ela parece distante… talvez seja porque está pensando em alguém.

– Em alguém do quadro?

– Não, um garoto com quem cruzou em algum lugar, e sentiu que eram parecidos.

– Em outros termos, prefere imaginar uma relação com alguém ausente que criar laços com os que estão presentes.

– Ao contrário, talvez tente arrumar a bagunça da vida dos outros.

– E ela? E a bagunça na vida dela? Quem vai por ordem?”


O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Preste atenção, minha flor, porque é de maior importância o que vou lhe dizer. É coisa muito séria e muito alegre: sua vida vai mudar completamente!

Exatamente como uma criança que acabou de sair do ventre materno.

“Quando você viaja, está experimentando de uma maneira muito prática o ato de renascer.

Está diante de situações completamente novas, o dia passa mais devagar e na maior parte das vezes você não compreende a língua que as pessoas estão falando.

Exatamente como uma criança que acabou de sair do ventre materno.

Com isto, você passa a dar muito mais importância às coisas que te cercam, porque delas depende a sua própria sobrevivência. Passa a ser mais acessível às pessoas, porque elas poderão ajudá-lo em situações difíceis. E recebe qualquer pequeno favor dos deuses com uma grande alegria, como se aquilo fosse um episódio para ser lembrado pelo resto da vida.

Ao mesmo tempo, como todas as coisas são novas, você enxerga apenas a beleza delas, e fica mais feliz em estar vivo.”

http://g1.globo.com/platb/paulocoelho/page/3/

Ponho-me a caminhar sob sol e vento.

“Ou me quer e vem, ou não me quer e não vem. Mas me diga logo pra que eu possa desocupar o coração. Avisei que não dou mais nenhum sinal de vida, e não darei. Não é mais possível. Não vou me alimentar de ilusões. Prefiro reconhecer com o máximo de tranquilidade possível que estou só do que ficar à mercê de visitas adiadas e encontros transferidos.”

Caio F. Abreu

%d blogueiros gostam disto: